Pedaços e pedaços de outros tempos, esquecidos, renasceram em suas novas formas enferrujadas.

"Herrumbres", de Rafa Álvarez.



Nascido em Huelva em 15/07/1973, estudou música na especialidade de piano no conservatório da cidade. Ele ensina música há cinco anos na colônia Virgen de Belén de Huelva.
Ele tem uma longa carreira como músico versátil, tocando violão, piano, acordeão, flautas em vários grupos, como: Rare Folk, Contradanza, Rania, Bruxas, notas roubadas, dando concertos por toda a geografia espanhola e suas ilhas, Portugal, França, Alemanha, Holanda, Açores e Los Angeles (EUA).

Atualmente, ele está imerso em seu projeto solo Garden Folk, que combina com outra de suas facetas artísticas, a escultura em ferro, mais de cinquenta peças que compõem sua galeria.
A Puerta de Atlántico, em Huelva, foi o local escolhido para sediar a apresentação, em outubro de 2015, de seu projeto Herrumbres.

E agora no Ateneo Popular apresenta seus trabalhos em ferro reciclado.

Forge, Angel Estevez, do Museu Etnológico Almodovar del Rio .




Muitos de nós o conhecemos por seu longo trabalho profissional como torneiro, fresador e especialista técnico em máquinas industriais, ou como professor de oficina.

Também por seu incansável trabalho de recuperar peças relacionadas ao modo de vida de nosso passado mais próximo. Seu museu é uma maravilha maravilhosa, com mais de 5.000 peças, um museu único do qual estamos orgulhosos de estar em nossa cidade.

Mas essas mãos especializadas e precisas, juntamente com a paixão e o respeito, que mostram as peças que caem nas mãos, são capazes de gerar Metal Art. Peças artísticas que mostram sua grande personalidade.